segunda-feira, 30 de março de 2020

AUXÍLIO EMERGENCIAL TODAS AS DÚVIDAS

Hoje iremos tirar todas as dúvidas sobre o auxílio emergencial. 

Auxílio emergencial: quem deve ter direito e como deve funcionar a ajuda de R$ 600 para trabalhadores informais.

 

Projeto foi aprovado no Congresso e vai para sanção de Bolsonaro. Mães que forem chefes de família poderão receber R$ 1,2 mil.

 

 O Senado aprovou nesta segunda-feira (30) um auxílio emergencial de R$ 600 a trabalhadores informais por três meses em razão da pandemia do coronavírus. A mulher que for mãe e chefe de família poderá receber R$ 1,2 mil por mês. 

 

A ajuda já tinha sido aprovada na Câmara, na última quinta-feira (26) e o projeto agora seguirá para a sanção do presidente Jair Bolsonaro.
O Congresso determinou um valor maior que o proposto pelo Executivo, que era de R$ 200, depois de articular com o governo. 


Quando começa o pagamento?

 

O governo federal ainda não informou a data de início do pagamento. Isso porque o benefício será criado por um Projeto de Lei (PL), que já foi aprovado pela Câmara, que aumentou o valor proposto, e pelo Senado. Agora, precisa ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro, para começar a valer. 


Quem tem direito?

 

Segundo o projeto de lei, o benefício será pago a trabalhadores informais, desempregados e MEIs.
Será preciso se enquadrar em uma das condições abaixo:
ser titular de pessoa jurídica (Micro Empreendedor Individual, ou MEI);
estar inscrito Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais do Governo Federal até o último dia dia 20 de março;
 
 
cumprir o requisito de renda média (renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa, e de até 3 salários mínimos por família) até 20 de março de 2020;

ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social.
 
Além disso, 


todos os beneficiários deverão


ter mais de 18 anos de idade;
tenham renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 522,50);
tenham renda mensal até 3 salários mínimos (R$ 3.135) por família;
 
não tenham recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018.
A mulher que for mãe e chefe de família, e estiver dentro dos demais critérios, poderá receber R$ 1,2 mil (duas cotas) por mês. 


 Na renda familiar, serão considerados todos os rendimentos obtidos por todos os membros que moram na mesma residência, exceto o dinheiro do Bolsa Família. 



É preciso estar inscrito no CadÚnico?

 

O trabalhador de baixa renda não precisará estar inscrito no CadÚnico para receber o benefício – será necessário apenas cumprir com o limite de renda média.
O CadÚnico vai auxiliar na verificação dessa renda para quem está inscrito – para que não está, a verificação será feita por meio de autodeclaração em plataforma digital. Ainda não foi informado como essa declaração será feita. 



Quem não tem direito?

 

O auxílio não será dado a quem recebe benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família.
No caso do Bolsa Família, o beneficiário poderá optar por substituir temporariamente o programa pelo auxílio emergencial, se o último for mais vantajoso.
Se o beneficiário for contratado no regime CLT ou se a renda familiar ultrapassar o limite durante o período de pagamento, ele deixará de receber o auxílio. 



Como pedir o benefício? Já é possível se inscrever?

 

Ainda não. O projeto de lei não informa como os trabalhadores deverão se inscrever para receber o benefício e nem a partir de quando.
O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, pediu, nesta segunda (30), que as pessoas não deem seus dados a sites que digam que estão fazendo inscrições para o programa e nem procurem os bancos neste momento, porque o sistema de pagamento ainda não está definido. 



É #FAKE mensagem que fala em cadastro para auxílio emergencial.
 
 
Quando o benefício foi anunciado (então de R$ 200), o governo informou que o pagamento seria automático para os inscritos no CadÚnico que se enquadrassem no programa, mas isso ainda não foi confirmado.
O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, afirmou na segunda-feira (30) que o governo pedirá ajuda às comunidades espalhadas pelo país para cadastrar os trabalhadores informais. De acordo com o Tesouro, "todos os mecanismos" para encontrar essas pessoas serão utilizados. 



De que forma será feito o pagamento?

 

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou que pretende fazer os pagamentos não só em agências, mas também via lotéricas e aplicativo de celular.
Para quem não é correntista da Caixa, deve ser adotado um calendário para o pagamento do benefício, para evitar um número muito grande de pessoas nas agências de uma só vez. Mais informações devem ser divulgadas nos próximos dias.
Guimarães diz que será possível fazer a transferência sem custo. O tema é discutido com o INSS, que vai operar a base de beneficiados. 



Limites

 

O projeto estabelece ainda que só duas pessoas da mesma família poderão acumular o auxílio emergencial.
Será permitido a duas pessoas de uma mesma família acumularem benefícios: o auxílio emergencial e o Bolsa Família. Se o auxílio for maior que a bolsa, a pessoa poderá fazer a opção pelo auxílio. 



Quanto tempo deverá durar o auxílio?

 

No anúncio da semana passada, o governo estimou que o benefício deverá durar 3 meses ou até o fim da emergência do coronavírus no país. O relator do projeto aprovado na Câmara, Marcelo Aro (PP-MG), disse que a validade do auxílio poderá ser prorrogada de acordo com a necessidade.

segunda-feira, 16 de março de 2020

Raul Seixas previu o coronavírus?

Será  que Raul Seixas com sua musica o dia em que a terra parou teria previsto no futuro um vírus capaz de parar todo o planeta, com escolas fechando, shoppings, fronteiras e igrejas? Pois é o que iremos analisar em sua letra o dia em que a terra parou. A letra é dividida em alguns tópicos
 
 
 
 
 

Essa noite eu tive um sonho

De sonhador

Maluco que sou, eu sonhei

Com o dia em que a Terra parou

Com o dia em que a Terra parou
 
 
Foi assim

No dia em que todas as pessoas

Do planeta inteiro

Resolveram que ninguém ia sair de casa

Como que se fosse combinado em todo

O planeta

Naquele dia, ninguém saiu de casa, ninguém ninguém
 
 
O empregado não saiu pro seu trabalho

Pois sabia que o patrão também não tava lá

Dona de casa não saiu pra comprar pão

Pois sabia que o padeiro também não tava lá

E o guarda não saiu para prender

Pois sabia que o ladrão, também não tava lá

E o ladrão não saiu para roubar

Pois sabia que não ia ter onde gastar
 
Não adianta trabalhar ou prender ou roubar pois todos iriam morrer. 
 
 
No dia em que a Terra parou (êê)

No dia em que a Terra parou (ôô)

No dia em que a Terra parou (ôô)

No dia em que a Terra parou
 
 
E nas Igrejas nem um sino a badalar

Pois sabiam que os fiéis também não tavam lá

E os fiéis não saíram pra rezar

Pois sabiam que o padre também não tava lá

E o aluno não saiu para estudar

Pois sabia o professor também não tava lá

E o professor não saiu pra lecionar

Pois sabia que não tinha mais nada pra ensinar
 
 As igrejas fechando e as escolas que adianta estudar se todos irão morrer.
 
No dia em que a Terra parou (ôô)

No dia em que a Terra parou (ôô)

No dia em que a Terra parou

No dia em que a Terra parou
 
 
O comandante não saiu para o quartel

Pois sabia que o soldado também não tava lá

E o soldado não saiu pra ir pra guerra

Pois sabia que o inimigo também não tava lá

E o paciente não saiu pra se tratar

Pois sabia que o doutor também não tava lá

E o doutor não saiu pra medicar

Pois sabia que não tinha mais doença pra curar
 
 
A guerra não faz mais sentido, visto que o inimigo é invisível.
Não faz sentido se tratar, pois não tinha doutor .
 
 
No dia em que a Terra parou (oh yeah)

No dia em que a Terra parou (foi tudo)

No dia em que a Terra parou (ôô)

No dia em que a Terra parou
 
 
Essa noite eu tive um sonho de sonhador

Maluco que sou, acordei
 
 
 
No dia em que a Terra parou (oh yeah)

No dia em que a Terra parou (ôô)

No dia em que a Terra parou (eu acordei)

No dia em que a Terra parou (acordei)


No dia em que a Terra parou (eu não sonhei acordado)
 
 
Aqui também cabe três outras interpretações, a primeira que é que se trata do arrebatamento da igreja, a segunda interpretação é que se trata do milênio com Jesus onde não existiria doenças ou crimes ou prisões. E a terceira é que talvez não se trate apenas de um sonho e sim de um paciente em coma e quando acorda percebe que tudo está mudado. Imagine você está dormindo e acontecendo tudo isso no mundo quando acordar tem apenas poucas pessoas no planeta. 

Raul na letra também explica que não sonhou acordado.

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

O que significa a música Dorime Ameno ?

Veja o significado de Ameno Dorime, a música que virou meme na internet.

 

  Hoje iremos trazer o significado da música Dorime. 

 O meme surgiu a partir da letra da música Ameno, lançada em 1997 pelo grupo francês Era. 

 A letra da música usa as expressões dori me (sim, se escreve separado!) e ameno, vindas do latim macarrônico.

 Mas ninguém sabe ao certo o que elas significam de verdade, já que provavelmente foram inventadas pelo grupo.

 

O que é Dorime?

O grupo Era lançou Ameno em 1997 e conseguiu diferenciar do que era produzido naquela época por causa da participação de um coral muito famoso da Bélgica e na Alemanha.
Juntos, eles criaram um tom de música sagrada, quase medieval, que dá um toque bastante especial à canção.

 
Quanto ao significado da expressão, repetida várias vezes ao longo da letra, ela não apresenta uma tradução exata, apenas algumas especulações. Dori me significa algo como minha dor e ameno é ameniza
A canção é um pedido de socorro de alguém que está sofrendo muito e precisa de ajuda para amenizar a dor.
  A música por mais que tenham transformado numa piada, na verdade é um pedido de socorro talvez de uma criança que foi mutilada ou estuprada, ou de uma pessoa pedindo ajuda, em partes da música fala que foi mutilada, em parte da letra fala descubra meus sinais, talvez uma criança ou uma mulher que tenha sido obrigada a fazer algo que não queira ou que tenha sido sequestrada, talvez seja uma mulher ou uma criança que foi espancada em partes da letra fala que machucaram ela. Ela pede ajuda ao rei e ao Senhor  para se libertar e se livrar da dor, talvez seja uma dor do passado e que a pessoa não consegue se libertar e continua destruindo sua vida. Mais abaixo iremos colocar a música traduzida. 
Sinta minha dor Absorve-me, Toma-me Sinta minha dor Liberta-me, Liberta-me Descubra-me , Descubra meus sinais Sinta minha dor Suaviza (esta dor), Conforta-me Perceba, perceba Mutilaram-me, Machucaram-me Liberta-me Suaviza (esta dor), Conforta-me Liberta-me Suaviza (esta dor), Conforta-me Liberta-me, Ameniza a dor Ameniza minha dor Ameniza minha dor Liberta-me, Senhor Alivia minha dor, Rei Ameniza minha dor Ameniza minha dor.
 Dori me, Interi mo, Adapare, Dori me, Ameno, Ameno, Lantire, Lantire mo, Dori me, Ameno, Omenare, imperavi, Ameno, Dimere, dimere, Mantiro, Mantire mo, Ameno, Omenare, imperavi, emulari, Ameno, Omenare, imperavi, emulari, Ameno, Ameno dore, Ameno, dori me, Ameno, dori me, Ameno Dom, Dori me, Reo, Ameno, dori me, Ameno, dori me, Dori me, Dom




sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Secretário de Bolsonaro é exonerado após pronunciamento semelhante a de ministro de Hitler

   A Secretaria Especial da Cultura informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que o secretário Roberto Alvim foi demitido do cargo. A exoneração acontece após Alvim parafrasear um discurso de Joseph Goebbels, ministro da Propaganda da Alemanha nazista.
Na manhã desta sexta (17), o Planalto havia avisado o Congresso que secretário seria demitido após a repercussão do caso nas redes sociais e a manifestação pública da classe política. Entre os que pediram a saída de Alvim estão o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-A​P), além do ministro do Supremo Tribunal Federal Dias Toffoli.
“O secretário da Cultura passou de todos os limites. É inaceitável. O governo brasileiro deveria afastá-lo urgente do cargo”, afirmou Maia nas redes sociais. Já Alcolumbre, que é judeu, qualificou em nota o discurso de Alvim de “acintoso, descabido e infeliz”. E Toffoli disse que a fala foi “uma ofensa ao povo brasileiro”.
Outros que repudiaram o discurso foram o presidente nacional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Felipe Santa Cruz, e o apresentador Luciano Huck, cotado para lançar candidatura à Presidência.
Já a Presidência decidiu não se pronunciar sobre o episódio. “O próprio (Alvim) já se manifestou oficialmente. O Planalto não comentará”, disse sua assessoria de imprensa, por escrito, em resposta a um questionamento da Folha.
Durante sua live semanal nas redes sociais, nesta quinta (16), ao lado de Alvim, o presidente Jair Bolsonaro havia elogiado o secretário: “depois de décadas, agora temos sim um secretário de Cultura de verdade, que atende o interesse da maioria da população brasileira”.
Em entrevista à Rádio Gaúcha na manhã desta sexta (17), Roberto Alvim pediu desculpas e chamou de “infeliz coincidência retórica” as semelhanças entre a sua fala e aquela do ministro de Cultura de Hitler. “Não se pode depreender daí qualquer associação ao espúrio, nefasto e genocida ideário nazista, ao qual eu tenho repugnância”, disse.

 
Mais tarde, ele escreveu em sua página do Facebook que não tinha noção da origem nazista de algumas de suas frases. “Se eu soubesse, jamais a teria dito. Tenho profundo repúdio a qualquer regime totalitário, e declaro minha absoluta repugnância ao regime nazista. Meu posicionamento cristão jamais teria qualquer relação com assassinos…”
Na mesma postagem, Alvim declara que o discurso foi redigido a partir de várias ideias ligadas à arte nacionalista trazidas por assessores. Ele ainda afirma que colocou o cargo à disposição do presidente Jair Bolsonaro “com o objetivo de protegê-lo”.
Os pontos de encontro entre os dois pronunciamentos são, no entanto, visíveis. No discurso postado nas redes sociais, Alvim dizia: “A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional. Será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes de nosso povo, ou então não será nada.”
“A arte alemã da próxima década será heroica, será ferramenta romântica, será objetiva e livre de sentimentalismo, será nacional com grande páthos e igualmente imperativa e vinculante, ou então não será nada”, disse o ministro de cultura e comunicação nazista em 8 de maio de 1933 em um pronunciamento para diretores de teatro, segundo o livro “Joseph Goebbels: uma Biografia”, de Peter Longerich, publicado no Brasil pela Objetiva.
O ministro da Secretaria de Governo, Luiz Ramos, telefonou para líderes do Congresso e avisou que o porta-voz da Presidência, general Rego Barros, deve anunciar a demissão.

domingo, 12 de janeiro de 2020

Moro elogia militar brasileiro que combateu na Segunda Guerra Mundial e neta responde: “abominava você!”

   O ex-ministro Sérgio Moro postou no Twitter uma foto do coronel Alexandrino, da Força Expedicionária Brasileira, que foi herói na Segunda Guerra Mundial. E escreveu o seguinte:
Meus respeitos igualmente.A história da FEB é infelizmente insuficientemente valorizada no Brasil.Isso é algo que tem que mudar.Não podemos esquecer o esforço brasileiro contra o nazi-fascismo e os sacrifícios dos combatentes.Por favor, mais livros e filmes sobre isso, no mínimo.
A neta do coronel respondeu no Twitter:

Eu, neta do Coronel. Alexandrino, o FEBiano da foto, herói da WWII, posto a seguinte informação, da eleição do ano passado:
Meu avô, anti-fascista, defensor da Constituição e democrata, ABOMINAVA você, sua afronta ao estado democrático de direito e seu governo, que, entre outros, destroi a cultura e a produção audiovisual. Quem envergonha a FEB – e o Brasil – são vocês!

 
PS: Depois que a nota foi publicada, com base na divulgação pública dela, Renata Gomes entrou em contato para esclarecer que não gostaria de polêmica envolvendo a imagem do avô. Sua publicação se deu para rebater o que considera oportunismo de Sergio Moro.

  Parece que a neta não gostou da postagem e homenagem de Moro para o militar seu avô, já que é avô dela, ela tem todo o direito de rebater e não concordar é um direito dela. 


  Essa parte abominava você foi bem pesado eu se fosse comigo apagava esse Twitter a família do militar no caso a neta que faz parte da família não achou legal o que o ministro Moro fez. 

segunda-feira, 23 de dezembro de 2019

Zoando porta dos fundos com a voz do Google no inferno.

Zoando o porta dos fundos com a voz do Google no inferno.

Fala aí Porchat, aqui é o titio satã, você está no inferno, parabéns por fazer um bom trabalho, agora não precisamos mais da sua alma, pois já temos ela.

  Como assim titio satã? Quer dizer que não vou mais poder zoar os cristãos?

Claro que não seu otário, a gente do inferno fez vocês de besta, vocês achavam que não iriam morrer e vir para cá, quero avisar pra vocês que o tempo acabou, aqui no inferno não tem vídeo de youtuber, vocês não podem zoar os cristãos, também não podem andar de bicicleta, acharam mesmo que o inferno era um lugar divertido com festinha e danças? KKKKKKKK .

Eu sou Gregório Titio Satã, quer dizer que não vou mais apresentar meu programa na terra?

Claro que não seu besta, eu sou satanás e já arrumei outros gados trouxas para fazer chacota contra os cristãos, depois de um tempo quando morrerem trago eles para fazer companhia aqui nas profundezas do capeta, faço eles enganarem os próprios religiosos que assistem o canal de vocês, minto dizendo que o inferno é bom e que o céu não tem graça, meu objetivo é trazer o maior número de almas para cá.

Titio satã posso falar? Quero saber se vou poder jogar vídeo game aqui no inferno? Se vou poder ficar com quem eu quiser aqui, posso comer sobremesa?

Nada disso é permitido aqui, a gente vai lançar fogo e bichos em vocês, também irão pagar por seus pecados, achando que aqui é a casa da mãe Joana ou o canal porta dos fundos?

Aqui é um lugar de tormentos e agora nós os demônios que iremos zoar de vocês seus comédias.

Más achávamos que estávamos do mesmo lado? A gente vivia zoando a religião dos outros, principalmente os cristãos, achando que um dia iria ficar de boa no inferno, como você faz uma coisa dessas com a gente, nós éramos seus amigos, o porta dos fundos foi mais quem deu audiência para o inferno mostrar suas ideias.

Vocês foram ingênuos confiando na gente, sabíamos que vocês tinham talento para zoar a fé dos cristãos por isso foram úteis para nós e por isso demos a vocês fama e sucesso, só que agora colhemos as vossas almas.

Então eu quero ir pro céu, estou vendo que o inferno realmente não tem graça, só tem fogo, quero voltar, por favor Deus me ajude?  Jesus desculpa por ter zoado o Senhor, pelas imitações e chacotas sem graça com a sua pessoa, me perdoa, alguém me tira daqui está queimando os bichos estão me corroendo, Gabriel cadê você? Miguel me ajuda, perdoe por ter brincado com vocês, prometo que serei um menino bonzinho de agora em diante, eu também diz Gregório.

Sinto muito rapazes, após a morte segue-se o juízo, não há mais perdão para vocês, pois foram incrédulos a vida toda e morreram no pecado, lamento ! Lúcifer vai buscar o tridente, esse seria um final inteligente para o canal porta dos fundos. KKKKKKKKKKKK

sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

Canal e Blog Izequiel Escritor, tudo sobre notícia e polítca no Brasil e no mundo.

  O canal e blog izequielescritor, trabalham juntos para trazer o melhor conteúdo para seus inscritos e leitores e seguidores; o melhor conteúdo de notícia e política sobre vários assuntos no Brasil e no mundo. A notícia é checada e analisada para que os inscritos não recebam jamais informações falsas ou fake news, lutamos para sempre deixar você bem informado sobre tudo, caso a gente cometa um equívoco, já que errar é humano, a gente pede desculpa ou nos retratamos para nossos seguidores, errar não é vergonhoso, vergonhoso é errar e não pedir desculpa e não assumir o erro ou não se retratar. Um feliz Natal para todos os inscritos do canal e seguidores do blog! Jesus abençoe todos vocês. Dias oficiais de vídeo são de segunda a quinta das 6 as 10 horas da manhã, podendo sair vídeo em outros horários durante o dia também. Também pode sair vídeos na sexta sábado ou domingo dependendo dos acontecimentos, inscreva-se caso não seja inscrito ainda, deixe seu like comente e compartilhe em suas redes sociais, ative o sininho e verifique se o youtube não tirou sua inscrição ou desativou o sininho. 

domingo, 15 de dezembro de 2019

Especial de Natal do porta dos fundos 2019. Porchat e Gregório Duvivie

  Muita gente fez duras críticas ao especial de Natal do porta dos fundos, devido a blasfêmia contra Jesus e contra Deus  contra a fé de todos os cristãos. Fábio Porchat e Gregório do Vivier são os responsáveis junto com o restante da equipe para esse curta. João Vicente interpreta um dos três reis magos, jesus é interpretado por Gregório do Vivier, Orlando é interpretado por Fábio Porchat amigo de jesus. deus é interpretado por Antonio Tabet, o objetivo que fez eu escrever esses nomes com letra minúscula, é porque esses que eles interpretam na trama do filme não são o Jesus e o Deus que eu creio. 

  Não acho que o filme deva ser censurado, sou cristão, más não é assim que devemos fazer, só irá assistir esse filme pessoas que não tem respeito a fé cristã ou pessoas que não sejam cristãs de verdade, então porque censurar o filme? 


  Algumas pessoas pensam que podem ajudar a Deus, Deus sabe se defender, deixe que Deus resolve isso da maneira dele, quanto mais os cristãos derem holofotes  para censurar esse filme mais eles vão achar meios para divulgar, o pastor Marcos Feliciano também fez duras críticas ao filme, teve um juiz federal que também quis proibir o filme na Netflix. 


  Jesus é amor, estamos no tempo da graça, eu também achei falta de respeito o texto do filme deles, porém devemos deixar tudo nas mãos de Deus, Jesus mandou nós orar por aqueles que nos perseguem,  todas as almas do porta dos fundos são preciosas para Deus, por mais que eles façam isso Deus ainda os amam, e só Deus pode decidir o que fará com eles, não preguem um Deus vingativo, Jesus repreendeu os discípulos quando queriam fazer descer fogo dos céus para consumir algumas pessoas. 

  Pare de tentar ensinar Deus trabalhar, ele sabe o que faz. Ao meu ver, censurar o filme não é a saída só daria mais fôlego para eles, pegaram muito pesado com o filme sim, porém devemos amar aqueles que nos perseguem, esse foi o ensinamento do verdadeiro Jesus Cristo da Bíblia e não esse interpretado por alguns homens de um canal do youtube chamado porta dos fundos.  

sábado, 14 de dezembro de 2019

Aluno se recusa a receber prova das mão da professora e é acusado de racismo aluno se defende e diz que foi por causa de energia sensitiva.

  Iremos mostrar aqui as duas versões, a da professora que sofreu racismo e a do aluno que foi acusado de racismo. 
  Não estamos do lado de ninguém aqui, e sim saber a verdade sobre esse caso. Quem estiver errado deve pagar diante da lei, racismo é crime previsto na constituição, más se a professora não puder provar aí o jogo muda, o aluno  também fez uma denúncia por injúria já que a professora o acusou de racismo, ela acusou e não usou suposição ou dúvida. A polícia e a justiça irá mostrar quem de fato está com a razão.  Injúria também é crime previsto na constituição.  Danilo contou a polícia que semanas antes passou pelo mesmo caso, só que as professoras eram brancas e por isso não teve problema nenhum, ele não pegou as coisas diretamente das mãos dessas professoras brancas, agora tem que achar essas professoras e saber se elas confirmam a história de Danilo ou não.

  
  A professora Isabel Cristina acusou Danilo Araújo de racismo por ele não querer receber a prova diretamente das mãos da professora, a professora insiste e diz que não tem nenhuma doença, más Danilo prefere que ela coloque em cima da mesa para que ele possa pegar, os alunos filmaram tudo e contaram que isso já tinha acontecido também com outros alunos e outras pessoas que também eram negras. 


   De acordo com informações da polícia, na denúncia da professora Isabel Cristina Ferreira dos Reis consta que Danilo Araújo se recusou a receber a prova da mão dela, porque ela é negra. O caso aconteceu na noite de segunda-feira (9), no Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL).

 
O vídeo mostra o momento em que Danilo Araújo de Góis se recusa a pegar uma avaliação das mãos da professora. Na mesma hora, a coordenadora do curso chega ao local e a docente tenta fazer a entrega da prova pela segunda vez, mas o jovem recusa mais uma vez.  


 
"Então, eu acho que a gente, eu como coordenadora do colegiado do curso de história, aqui diante de membros do colegiado, convido o estudante que saia da sala. Peço aos colegas que se colocarem à disposição, nós vamos convocar vocês para servir como testemunhas", diz a coordenadora do curso. 


  
  O estudante  denunciado por racismo dentro do campus da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia  foi ouvido pela Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira (12), na Central de Flagrantes, em Salvador. Conforme o delegado João Mateus, que investiga o caso, o suspeito disse que não pegou a prova da mão da professora por “questão de energia”. 


  
Em entrevista ao G1, o delegado informou que Danilo Araújo de Góis disse, durante o depoimento, que o caso não passou de um "mal-entendido" e que ele não costuma pegar objetos na mão de pessoas desconhecidas por "questões particulares em relação a religião". 


  
“Ele se predispôs a ser ouvido e, na verdade, ele negou ter praticado a atitude racista e disse que não passou de um mal-entendido, porque ele é uma pessoa sensitiva, ele tem algumas questões particulares em relação a religião dele, que ele lê muito a bíblia e lê muito cânticos e ele tem uma hipersensibilidade”, disse o delegado. 


  
“Ele disse que se sente mal se aproximando de qualquer pessoa, então evita entrar em contato e pegar coisas das mãos de quem ele não conhece e tocar em pessoas que ele não conhece, porque ele se sente mal muitas vezes quando faz isso”, concluiu o delegado João Mateus. 


   
Ainda segundo o delegado, o estudante Danilo Góis disse que não falou nada ofensivo para professora Isabel Cristina Ferreira dos Reis e em relação a cor de pele dela. “Ele disse que preferiu pegar a prova direto da mesa e não pegar das mãos da professora, mas que não falou nada para ela, não disse nada ofensivo, não se referiu a nada relacionado a cor da pele dela”. 


  
O estudante contou para o delegado que passou por uma situação parecida uma semana antes, e que o caso não foi considerado racismo, porque a professora não era negra. 

 
“Ele também disse que na semana anterior teve uma situação parecida com outra professora, que ele solicitou que ela deixasse os documentos na mesa, para que ele pegasse diretamente da mesa, mas que não houve nenhuma conotação pejorativa e, inclusive, essa outra professora não é negra”, contou o delegado. 


  
Ainda segundo o delegado João Mateus, Danilo Góis contou que não conseguiu se explicar para a coordenadora da UFRB, porque os alunos começaram a gritar e chamar ele de racista. 


  
“Ele se defendeu nesse sentido e disse que não pôde explicar isso, porque no momento dos fatos, o pessoal ficou exaltado, os alunos começaram a xingar, gritar e chamar ele de racista. Ele disse que não teve como explicar isso para a coordenadora, saiu da faculdade e foi obrigado a sair da residência universitária, porque ele recebeu agressão, sofreu ameaças”, disse. 


   
Segundo a polícia, o estudante do curso de Ciências Sociais, Danilo Araújo de Góis, esteve na Delegacia de Cachoeira e relatou que foi vítima de preconceito, porque os estudantes não deixaram ele se explicar e o chamaram de racista. Ele registrou um boletim de ocorrência e foi liberado. A professora Isabel Cristina Ferreira dos Reis também registrou o caso na delegacia. 


   Opinião do escritor ! Esse caso é um caso que merece muito cuidado e investigação, pois é um caso de racismo que dá prisão, as duas professoras brancas que o aluno Danilo diz também ter acontecido a mesma coisa devem serem ouvidas pela polícia e pela a imprensa para que elas também possam dar a versão delas, se o que o estudante diz confirma com o depoimento delas.  Chamar pessoas que estudam esse caso de tocar nas coisas seja de fato um caso de sensitivo, ou se a ciência explica esse tipo de coisa.


   


   

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Novo golpe contra o Uber, você pode ser preso sem saber, por achar que está fazendo boa ação.

  Os golpistas mudaram suas estratégias, pede um Uber pra mim, pode te levar direto para a prisão, mesmo você sendo inocente. Muito cuidado! Se uma mulher grávida  ou uma senhora te pedir para você pedir um Uber para elas, pedindo para você usar seu App, geralmente elas estão em frente a hospitais, supermercados, farmácias ou lojas. ATENÇÃO! ALERTA! CUIDADO ! 

   Se você estiver de frente a um hospital e uma senhora lhe parar e pedir: "Por favor, você pode chamar um Uber pra mim? Preciso ir na minha casa pegar roupas para o meu neto ou filho que está internado, mas a bateria do meu celular acabou. Eu te dou o dinheiro agora mesmo"

   Como você agiria? 

E se após o cinema, restaurante ou qualquer outro passeio, você estiver esperando seu carro chegar e uma gestante, bem vestida, pedir algo parecido: "Moça, preciso ir pra casa, mas não consigo sinal de jeito nenhum. Você pode pedir um Uber do seu celular e eu te dou o dinheiro"? 


   O que você faria? 


  Nessas duas situações essas pessoas parecem estar acima de quaisquer suspeitas, não é verdade? Infelizmente, não é bem assim. Fique alerta a este novo golpe. Estas pessoas, aparentemente inofensivas, fazem parte de uma quadrilha. No meio do caminho ou já no destino indicado, encontrarão seus comparsas que irão render e assaltar o motorista.  

      Um motorista que, compreensivelmente, preferiu não dizer seu nome A uma equipe jornalística. Explicou que "Os golpistas ficam próximos a hospitais, supermercados; são principalmente senhoras e mulheres grávidas para comover mesmo. Alegam que estão sem bateria ou sem internet e pedem para alguém chamar um Uber para elas. Aí a pessoa se sensibiliza com a situação e acaba querendo ajudar, por humanidade. Mas aí o que acontece: estas golpistas entram no veículo e alguns quarteirões depois pedem para o motorista parar para pegar um neto, filho, namorado que, na verdade, é um ladrão que vai entrar no carro e assaltar o motorista", contou.

  Ele  disse mais, também, que este crime tem sido aplicado especificamente com a Uber, o que não é demérito ao aplicativo. Ao contrário, por ser uma das plataformas mais exigentes em termos de segurança, os criminosos precisaram ser criativos. "Há empresas em que, com um CPF qualquer, sem muita burocracia, já é possível chamar um carro. Os marginais compram um chip e aplicam golpes com facilidade. Já a Uber exige mais detalhes, como conta em banco, cartão de crédito, um endereço de e-mail antigo, tornando a situação mais difícil para o golpista. Então, eles começaram a agir desta forma, usando uma pessoa idônea para pedir o carro e dificultando que a plataforma consiga fazer alguma coisa sobre isso. 


     Os bandidos deixarão poucos rastros dificultando a investigação por parte das autoridades policiais também. 

E o que pode acontecer com você, caso tenha chamado o veículo para os criminosos?

Lembre-se: você pediu o carro, a empresa fornecerá seus dados às autoridades competentes e, inicialmente, as investigações o apontarão como suspeito, ainda que o motorista não o reconheça. O objetivo deste texto não é entrar em debate mais amplo sobre as penas previstas, mas para o crime de roubo, art. 157 do Código Penal, são, no mínimo, 4 (quatro) anos.... -

E se a situação terminar de maneira ainda mais trágica? Recentemente, em um intervalo de duas semanas na cidade de São Paulo, cinco motoristas foram assassinados.... -

  Imagine seu nome envolvido em um crime de latrocínio, que é o roubo seguido de morte, também previsto no art. 157, § 3º, II do Código Penal, cuja pena mínima é de 20 (vinte) anos. Você poderá ser preso em flagrante e se ver em uma situação bastante delicada de precisar provar sua inocência em um processo criminal que pode levar anos e gerar desgaste emocional e prejuízo financeiro a você e sua família.

  Acredito muito que, em uma situação como esta, a vítima consiga provar sua inocência, mas é preciso ter em mente que há uma remota possibilidade de isto não acontecer. Ainda que não seja preso, responder a um processo penal, seja por roubo ou roubo seguido de morte, será muito danoso em todos os aspectos. É com pesar que, ao expor este golpe, eu cause algum tipo de desconfiança. Talvez, corramos o risco de não ajudar pessoas que realmente precisem, mas, como diz um velho ditado: "o seguro morreu de velho". 

  Os próprios aplicativos, em seus termos de uso, alertam ao usuário que ele é o único responsável pelo uso e definem regras claras sobre a cessão da conta a terceiros. Destacamos um trecho do contrato da Uber como referência: CONDUTA E OBRIGAÇÕES DO USUÁRIO.

  "O Serviço não está disponível para uso para indivíduos menores de 18 anos. Você não poderá autorizar terceiros(as) a usar sua Conta, você não poderá permitir que pessoas menores de 18 anos recebam Serviços de transporte ou logística de Prestadores Terceiros, salvo se estiverem em sua companhia. Você não poderá ceder, nem de qualquer outro modo transferir, sua Conta a nenhuma outra pessoa ou entidade…"

  "Quem sabe por meio desta divulgação nós, motoristas, não conseguimos uma melhoria que muitos de nós têm reivindicado, mas sem respaldo da Uber. A nossa foto é divulgada para o passageiro, nossos dados também são divulgados, mas a foto do passageiro não é divulgada para o motorista. Isso seria muito importante porque teremos a certeza de que é realmente o dono do aplicativo que está pedindo, de que ele realmente está ligado ao banco de dados da plataforma. O que não dá é para continuar deixando a cabeça dos motoristas a prêmio"

   Fica uma recomendação: não empreste sua conta de usuário de aplicativo para pedir um carro para estranhos. Aliás, não o faça também para empréstimo de bicicletas e patinetes. Já presenciei crianças pedindo a terceiros que desbloqueassem alguns destes veículos.

  Negue porque é o que determina a regra dos aplicativos e principalmente porque é o mais seguro para você.


   

domingo, 8 de dezembro de 2019

Bolsonaro é reprovado por 36% dos Brasileiros e 30% aprovam. E perde para Lula, Dilma e FHC.

  36% reprovam e 30% aprovam o governo Bolsonaro, diz pesquisa Datafolha.

 


 

Essa pesquisa foi realizada nos últimos dias 5 e 6 com 2.948 pessoas em 176 cidades. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

 
Pesquisa Datafolha divulgada neste domingo no dia 8 pelo jornal "Folha de S.Paulo" mostra os seguintes percentuais de avaliação do governo do presidente Jair Bolsonaro. 

 

  

  • Ótimo/bom: 30%
  • Regular: 32%
  • Ruim/péssimo: 36%
  • Não sabe/não respondeu: 1%.
  
  Vejam as notas média (de 0 a 10) atribuída pelos entrevistados ao presidente foi 5,1, a mesma de agosto.
A pesquisa foi realizada nos dias 5 e 6 de dezembro com 2.948 pessoas, em 176 cidades. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança dessa pesquisa é de 95% – isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro. 


  

Requisito Confiança

O instituto perguntou também aos entrevistados se eles confiam no que Bolsonaro diz.
  • Confiam: 19%
  • Confiam às vezes: 37%
  • Nunca confiam: 43%
  • Não sabe/não respondeu: 1%

Vejam também sobre o Comportamento

   O Datafolha perguntou aos entrevistados se o presidente tem comportamento condizente com o cargo. A maioria considerou que não:
  • Sempre se comporta de forma adequada: 14%
  • Nunca se comporta de forma adequada: 28%
  • Se comporta adequadamente na maioria das ocasiões: 28%
  • Se comporta adequadamente na minoria das ocasiões: 25%

Expectativa sobre Bolsonaro governando futuramente.

Em relação à expectativa com o futuro do governo, 43% esperam que Bolsonaro faça uma gestão ótima ou boa. Em agosto, eram 45%; em julho, 51%, e em abril, 59%.
Outros 32% acreditam que o presidente fará uma administração ruim ou péssima, contra os mesmos 32% em agosto, 24% em julho, e 23% em abril; 22% agora creem em um desempenho regular. 


Setor Economia

O Datafolha também pediu aos entrevistados que avaliassem o desempenho do governo na área econômica:
  • Ruim/péssimo: 44% (43% em agosto)
  • Regular: 29% (35% em agosto)
  • Ótimo/bom: 25% (20% em agosto)
  • Não sabe: 2% (2% em agosto)
Sobre a crise econômica que o país atravessa, 5% responderam que já acabou, 37% acham que vai acabar logo e 55% disseram que vai demorar. 



Segundo a pesquisa, 43% dos entrevistados acham a situação econômica do país vai melhorar (eram 40% em agosto); 31% entendem que vai ficar como está (os mesmos 31% de agosto); e 24% responderam que vai piorar (eram 26% em agosto).

Combate ao desemprego

A atuação do governo no combate ao desemprego é considerada ruim ou péssima, de acordo com a pesquisa: 


  • Ruim/péssimo: 59% (65% em agosto)
  • Regular: 24% (21% em agosto)
  • Ótimo/bom: 16% (13% em agosto)
  • Não sabe: 1% (1% em agosto)

Atuação do presidente

O Datafolha verificou, ainda, se os entrevistados acreditam que o presidente age ou não como deveria. Veja os percentuais: 

 
  • Age como deveria: 14% (eram 15% em agosto, 22% em julho, e 27% em abril)
  • Na maioria das ocasiões age como deveria: 28% (eram 27% em agosto, 28% em julho, e 27% em abril)
  • Em algumas ocasiões age como deveria: 25% (eram 23% em agosto, 21% em julho, e 20% em abril)
  • Em nenhuma ocasião age como deveria: 28% (eram 32% em agosto, 25% em julho e 23% em abril)

Principais problemas do país

Os entrevistados elegeram ainda os principais problemas do país:
  • Saúde: 32%
  • Educação: 14%
  • Segurança: 13%
  • Desemprego: 13%
  • Corrupção: 8%
  • Economia: 8%
O levantamento mostra que, para os entrevistados, a imagem do Brasil no exterior melhorou, segundo 31%, piorou para 39%, e é mesma para 25%. 


Combate à corrupção

Metade dos entrevistados pelo Datafolha classificou como ruim ou péssimo o combate à corrupção no governo Bolsonaro, segundo a pesquisa:
  • Ruim/péssimo: 50% (44% em agosto)
  • Ótimo/bom: 29% (34% em agosto)
  • Regular: 19% (20% em agosto)
  • Não sabe: 2% (2% em agosto)

Meio ambiente

A pesquisa apurou a avaliação dos entrevistados sobre a atuação do governo em relação ao meio ambiente:
  • Ruim/péssimo: 43% (49% em agosto)
  • Regular: 32% (28% em agosto)
  • Ótimo/bom: 23% (21% em agosto)
  • Não sabe: 3% (2% em agosto)

Outros presidentes

Os percentuais de reprovação (ruim e péssimo) dos últimos presidentes após o primeiro ano de mandato foram os seguintes:
  • Fernando Collor (1990): 34%
  • Fernando Henrique Cardoso (1995): 15%
  • Luiz Inácio Lula da Silva (2003): 15%
  • Dilma Rousseff (2011): 6%
Os percentuais de aprovação (ótimo e bom) dos últimos presidentes após o primeiro ano de mandato foram os seguintes:
  • Fernando Collor (1990): 23%
  • Fernando Henrique Cardoso (1995): 41%
  • Luiz Inácio Lula da Silva (2003): 42%
  • Dilma Rousseff (2011): 59%